viva-bicho-81

Viva Bicho

viva-bicho

Viva Bicho

Publicidade Posts

tmw-telecom

TMW Telecom

Amin (PP) e Jorginho Mello (PR) são eleitos ao Senado

Resultado ao Senado contrariou as pesquisas de intenção de votos. Na apuração, Paulo Bauer (PSDB) ficou em quinto, Colombo (PSD) em quarto e Lucas Esmeraldino (PSL) em terceiro.

Amin (PP) e Jorginho Mello (PR) são eleitos ao Senado
Amin (E) e Jorginho Mello (D) eleitos ao Senado por Santa Catarina (Arte: N_InFoco)

Talvez uma das maiores surpresas destas eleições em Santa Catarina foi a expressiva votação do jovem vereador de Tubarão Lucas Esmeraldino (PSL), que concorreu com grandes caciques do Estado ao Senado. Aliás, derrotando inclusive um ex-senador, Paulo Bauer (PSDB), mantendo a tradição catarinense de não reeleger senadores, e um ex-governador, Raimundo Colombo (PSD).

Assim como ao governo do Estado, as pesquisas para o Senado também erraram em Santa Catarina. A exceção foi o primeiro colocado, Amin, que liderava as intenções. O segundo colocado, Jorginho Mello, aparecia em quarto lugar, brigando a terceira vaga com Paulo Bauer. Nos levantamentos, o ex-governador Raimundo Colombo aparecia em segundo e o candidato do PSL em quinto. O resultado final foi todo inverso.

Na corrida entre as duas vagas os eleitos foram, Esperidião Amin (PP), com 1.226.064, o que corresponde a 18,77% dos votos válidos, e Jorginho Mello (PR), com 1.179.757 (18,07%). Lucas Esmeraldino fez 1.161.662 (17,79%), Colombo 999.043 (15,30%) e Paulo Bauer 802.037 (12,28%).

Todos os três primeiros colocados fizeram mais votos que os dois candidatos ao governo do Estado que estão no segundo turno: Gelson Merísio (1.121.869) e Comandante Moises (PSL) (1.071.406).

Em Garopaba, Amin liderou com 4.323 votos (19,25%). Jorginho Mello foi o segundo mais votado, com 3.910 (17,41%). Lucas Esmeraldino foi o terceiro, com 3.864 (17,21%). Colombo recebeu 3.816 votos (17%) e o ex-senador Paulo Bauer teve 2.371 votos (10,56%).

Em Imbituba, sede do suplente ao Senado Beto Martins, ex-prefeito da cidade, a candidatura encabeçada por Jorginho foi a mais votada com uma diferença expressiva de votos. Eles receberam 11.473 (26,91%) dos votos válidos. O segundo mais escolhido foi Lucas Esmeraldino, com 7.842 (18,39%). Na cidade portuária, Amin foi o terceiro, 5.866 (13,76%). Bauer aparece em quarto, com 5.415 (12,70%) e Colombo em quinto, com 3.849 (9,03%).

Lédio Rosa e Ideli Salvatti, ambos do PT, partido do atual prefeito Rosenvaldo Júnior, tiveram poucas expressões de votos: 2.866 (9,03%) e 2.235 (6,72%), respectivamente.  

Publicidade Posts

Publicidade Posts

Compartilhe isso
Comentários

Olá, deixe seu comentário para Amin (PP) e Jorginho Mello (PR) são eleitos ao Senado

Enviando Comentário Fechar :/