quermesse-garopaba

Quermesse Garopaba

viva-bicho-81

Viva Bicho

viva-bicho

Viva Bicho

Publicidade Posts

tmw-telecom

TMW Telecom

Após dois anos de trabalho, delegado de Garopaba deixa comarca e faz balanço das ações realizadas na cidade

Walter Figueiredo Loyola recebeu convite e irá atuar como delegado titular da Delegacia de Combate às Drogas, em Florianópolis. Em Garopaba, ele coordenou pelo menos cinco operações de combate ao tráfico de drogas resultando na maior apreensão de maconha já registrada no Sul de SC e no maior inquérito policial feito na cidade; dezenas de pessoas foram indicadas e presas.

Após dois anos de trabalho, delegado de Garopaba deixa comarca e faz balanço das ações realizadas na cidade
Delegado Walter assumirá importante delegacia, especializada no combate ao tráfico de drogas. (Foto: Ailton Rodrigues)

A frente dos trabalhos na Delegacia de Polícia Civil de Garopaba por dois anos, o delegado Walter Figueiredo Loyola conclui na próxima sexta-feira (8) sua permanência na cidade. A convite da alta cúpula do Polícia Civil de Santa Catarina, ele irá assumir a titularidade da Delegacia de Combate às Drogas (DECOD), responsável por investigações e operações de crimes relacionados ao tráfico de drogas em Florianópolis.

Desde 2017, ano em que Walter assumiu, Garopaba passou a ser protagonista na região sendo um dos municípios com maior quantidade de operações focadas na identificação de grupos criminosos ligados ao tráfico de drogas e outros crimes. Durante a permanência de Walter foram realizadas algumas operações importantes no combate ao crime organizado, bem como na elucidação de homicídios e redução da criminalidade.

Na primeira quinzena de fevereiro de 2018, após a prisão de um traficante, suspeito de liderar uma organização criminosa envolvida com o tráfico de drogas em Garopaba e região, a PC de Garopaba deu sequência as investigações que culminou na maior apreensão de maconha da história. Mais de duas toneladas da droga foram encontradas no bairro Encantada. Essa operação, na época chamada de “Quebrando a Banca”, liderada por Walter, desencadeou outra operação relacionada ao tráfico interestadual de drogas. “Essa apreensão foi uma das maiores do Estado e também a maior em todo o Sul de Santa Catarina. O montante superou o número de maconha apreendida em todo o Estado, em 2018”, acrescenta Walter.

Iniciada na operação “Quebrando a Banca”, a operação “All In”, que investigou a atuação de dezenas de pessoas de Garopaba e região na participação de crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, porte ilegal de arma e munição de uso restrito, além do tráfico interestadual de drogas, resultou no maior inquérito policial já produzido na cidade. Sob o comando do delegado Walter, 46 pessoas foram indiciadas. O documento com mais de 2,6 mil páginas, dividido em 14 volumes, reúne, entre outras provas, mais de 10 mil fotos.

Ainda relacionado a operações de combate ao tráfico de drogas, a PC realizou nos últimos dois anos outras intervenções que resultaram em dezenas de pessoas presas. “Tivemos uma série de outras operações como a Fim de Ano sem Drogas, Bravo Zulu e Praia Limpa. Somando todas, identificamos e prendemos mais de 80 pessoas que tinha ligação direta ou indireta com o tráfico de drogas na cidade”, enumera o delegado.

Além do combate incessante ao tráfico de drogas, que como consequência desencadeia uma série de outros crimes, a operação “Sexta-feira 13”, uma das primeiras diligências coordenada por Walter, realizada em janeiro de 2017, vistoriou dezenas de bares na cidade. Na ocasião, na Praia da Ferrugem, 23 bares foram notificados por estarem funcionando se alvará.

Como consequência do trabalho realizado em 2017, no ano de 2018 a Polícia Civil de Garopaba não registrou nenhuma ocorrência de roubo na cidade. Neste mesmo ano foram descobertas estufas com plantação de maconha e uma plantação em região de mata fechada no Morro da Encantada. Duas pessoas foram identificadas e presas, suspeitas de serem responsáveis pelo cultivo ilegal da droga.

A promoção de Walter certamente está ligada ao importante trabalho feito nos últimos anos em Garopaba. Como titular da DECOD, terá como desafio ações de prevenção e repressão ao tráfico de drogas e o uso ilícito de drogas na Capital do Estado.

A delegacia de Garopaba ficará sob responsabilidade da delegada Marcela Goto.

Publicidade Posts

Publicidade Posts

Compartilhe isso
Comentários

Olá, deixe seu comentário para Após dois anos de trabalho, delegado de Garopaba deixa comarca e faz balanço das ações realizadas na cidade

Enviando Comentário Fechar :/