viva-bicho-81

Viva Bicho

viva-bicho

Viva Bicho

Publicidade Posts

tmw-telecom

TMW Telecom

Arrecadação de Santa Catarina está acima da média

Enquanto os estados brasileiros tiveram crescimento médio de 6,79%, no primeiro semestre do ano, Santa Catarina registrou alta de 17,9%.

Arrecadação de Santa Catarina está acima da média
(Foto: Reprodução/Internet)

O crescimento da arrecadação de Santa Catarina foi muito superior à média registrada no país. Segundo Milton Hobus, deputado pelo PSD, levantamento do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) mostra que os estados brasileiros tiveram crescimento médio de 6,79% no primeiro semestre frente ao mesmo período do ano passado. Já Santa Catarina registrou alta de 17,9% na mesma comparação. O Paraná, por exemplo, amargou queda de 0,79%. Na tribuna da Assembleia Legislativa e em mais uma provocação com o atual Executivo, Hobus destacou que não é preciso aumentar impostos, pois a economia catarinense é forte.

Lançada a Frente do Gás Natural

A Assembleia Legislativa lançou nesta quarta-feira (23) a Frente Parlamentar do Gás Natural. A assinatura oficial da instalação ocorreu em evento do setor na sede da Federação das Indústrias (Fiesc), em Florianópolis. O deputado Luiz Fernando Vampiro (MDB), coordenador da Frente, acredita ser fundamental que o poder Legislativo esteja presente em um momento de mudança profunda no setor energético. "Não é tecnicamente que nós vamos dar a solução, mas, sim, ser o elo e fazer com o que os atores comecem a conversar e tenham alternativas", afirmou.  "A Frente foi criada para tratar especificamente dos desdobramentos, e acompanhar par e par esse caso", disse. Os parlamentares devem acompanhar todo o processo de abertura comercial do gás natural, previsto para 2020. O presidente da Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGÁS), Willian Anderson Lehmkuhl, comemorou a criação da Frente. Segundo ele, a instância ajudará o setor a "ter segurança regulatória, segurança jurídica, e as regras do jogo bem colocadas". O novo cenário do gás também afeta o mercado consumidor, que está preocupado com possível - ou provável - aumento de tarifas. "Na indústria de vidro, 30% do custo é gás natural. Esse aumento fatalmente tem que ser repassado nos preços e perde-se competitividade", afirmou o presidente da Câmara de Energia da Fiesc, Otmar Josef Müller.

Falando em energia...

Mais uma vez Santa Catarina demonstra força nos leilões de energia. Na última sexta-feira (18), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) realizaram o Leilão de Geração (A-6), que movimentou R$ 44 bilhões em contratos. Entre os projetos escolhidos, 11 são para o estado, sendo sete Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH), três Centrais Geradoras Hidrelétricas (CGH) e a Usina Hidrelétrica São Roque (Rio Canoas, no Planalto Serrano). Os contratos, de 30 anos, somam 137 megawatts de potência instalada. Presidente da Associação dos Produtores de Energia (Apesc), Gerson Berti aponta que os 11 projetos catarinenses que venceram o leilão passaram pelo SC+Energia, do Programa Catarinense de Energias Limpas, criado em 2015. mesmo comemorando os mais de R$ 400 milhões em investimentos por parte das empresas vencedoras, o que vai se refletir em geração de emprego e em movimento econômico, Berti lamentou a descontinuidade do programa pela atual gestão do Estado. O coordenador da Frente Parlamentar de apoio as PCHs e CGHs, da Assembleia Legislativa, deputado Mauro de Nadal (MDB), destaca que o setor passa por um momento de valorização o que favorece o ambiente de negócios. "Todo o esforço tem como foco alavancar a economia e produzir energia renovável, pensando nas próximas gerações."

Ausências 

No lançamento da Frente do Gás Natural houve duas ausências importantes. O presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar, que está em viagem para Israel em missão empresarial, e o governador Carlos Moisés da Silva, que retirou três dentes do siso. O chefe do Executivo está de molho na Casa d'Agronômica, de rosto inchado, e cancelou alguns compromissos da agenda desta semana.

Saúde na Educação 

Deputada Luciane Carminatti (PT) é a proponente do Seminário Estadual Saúde das Trabalhadoras e dos Trabalhadores em Educação. A ideia é debater e identificar os tipos de doença mais incidentes, bem como as medidas e legislação necessárias para enfrentar essa realidade. O seminário gratuito acontecerá na próxima quarta-feira (30), a partir das 8 horas, no auditório do Instituto Estadual de Educação, em Florianópolis. "Além dos mais de 40 mil profissionais da educação, entre efetivos e temporários, temos o contingente de estudantes, mais de 500 mil crianças, adolescentes e jovens expostos indiretamente a um contexto adoecido e adoecedor", justifica.

Colombo na CPI da ponte 

Se tem assunto que rende na Capital é a recuperação da Ponte Hercílio Luz. Pela obra em si, pelos recursos envolvidos e pelo longo tempo de espera. Entra governo, sai governo, e o cartão postal de Florianópolis continua sem serventia. Pois agora o deputado Bruno Souza (ainda sem partido), apresentou requerimento convidando o ex-governador Raimundo Colombo a comparecer na CPI da Ponte, na Assembleia. Souza diz que espera esclarecimentos da parte de Colombo. E Colombo agradece o convite justamente pela oportunidade. "É importante participar dos debates, levar informações e esclarecer alguns fatos", manifestou em nota à imprensa. Sua participação será na manhã da próxima terça-feira (29).

Publicidade Posts

Publicidade Posts

Compartilhe isso
Comentários

Olá, deixe seu comentário para Arrecadação de Santa Catarina está acima da média

Enviando Comentário Fechar :/