viva-bicho-81

Viva Bicho

viva-bicho

Viva Bicho

Publicidade Posts

tmw-telecom

TMW Telecom

Bolsonaristas de Garopaba devem acompanhar presidente e migrar para o “Aliança”

Grupo que fundou PSL na cidade, que tem inclusive projeto para as eleições municipais de 2020, deve acompanhar Bolsonaro e os deputados federais que sinalizam interesse em deixar o 17. Para criação da nova sigla são necessárias 500 mil assinaturas.

Bolsonaristas de Garopaba devem acompanhar presidente e migrar para o “Aliança”
Ex-membros do PSL com o deputado federal Eduardo Bolsonaro, em evento em Criciúma (Foto: Divulgação/PSL Garopaba)

O grupo de Bolsonaristas que atualmente se hospeda no PSL de Garopaba confirmou na noite desta terça-feira (12) que deve acompanhar o presidente Jair Bolsonaro e os deputados federais Daniel Freitas, Caroline De Toni e Coronel Armando e migrar para o “Aliança Pelo Brasil”, partido novo que deve ser criado para os dissidentes do 17.

Leia também: Daniel Freitas, deputado federal mais votado em Garopaba, migrará para “Aliança pelo Brasil”

No evento em Criciúma, na última sexta-feira (8), que contou com a presença do deputado federal pelo Estado de São Paulo, Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, já havia uma sinalização para uma mobilização dos apoiadores do líder maior em deixar o PSL, principalmente pelo descontentamento com as atitudes do governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, que surfou na onda Bolsonaro, mas, de certa forma, segue cartilha paralela.

Como anunciamos na coluna #GiroDeNotícias do último dia 30, o grupo vinha sofrendo pressão de lideranças da ala mais ligada a Moisés, para uma tentativa de interferência na Executiva municipal. Para eles, o que os interessados queriam era uma coalizão com a atual gestão (PSD) para o pleito do ano que vem.

O jornalista Prisco Paraíso, em seu site especializado em política, chegou a trazer o nome do advogado Paulo Madeira como potencial candidato à prefeitura de Garopaba. A notícia foi divulgada em um sábado (1º), pela manhã, após Madeira assumir a chefia de gabinete da bancada do PSL no Parlamento estadual.

Para as lideranças do partido local, tal informação foi “plantada” para tentar tumultuar as prévias da eleição, já que o grupo está com projetos na mesa, com pré-candidato a prefeito e com potenciais candidatos a vereadores escolhidos.

O noticiário procurou Paulo Madeira, que foi Procurador-Geral da Assembleia (Alesc) e teve passagem pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), além da Secretaria Municipal de Finanças de Garopaba. Ele não confirmou, nem descartou a possibilidade de concorrer ao pleito, mas reafirmou que seu nome está à disposição do partido, conforme havíamos divulgado na coluna.

Carlos Gesiel, atual pré-candidato a prefeito, confirmou que todos estão deixando o PSL e devem migrar para a nova sigla. Como já era esperado, Carlos antecipou que o deputado estadual Jessé Lopes também deve migrar, assim que a janela permitir a troca sem a perda de mandato.

“Já havíamos decidido isso em Criciúma quando estivermos com Eduardo Bolsonaro e os deputados Daniel Freitas e Jessé Lopes. Vamos ter a sigla do novo partido aqui em Garopaba. Toda nossa executiva está deixando o PSL indo para o novo partido. Sempre apoiamos o presidente Bolsonaro e o deputado Daniel Freitas e Jessé Lopes, quando ficou insustentável a questão do PSL nacional, junto com o governador Moisés e a crise dentro do PSL estadual, já vinha ficando desgastada a nossa permanência no PSL porque éramos a favor do Bolsonaro e de Jessé Lopes. E o natural o desgaste do governador Moisés com Bolsonaro e Jessé Lopes.” explica.

A conta do Twiter do PSL Garopaba, inclusive, já foi alterada. Após reunião em Brasília, na tarde desta terça, onde o presidente da república anunciou sua desfiliação, O @APBRGaropaba twitou em caixa alta: “Presidente @jairbolsonaro ,somos apenas soldados, estaremos contigo onde o senhor estiver! teremos prazer em fazer uma campanha sem dinheiro público e sem conchavos em 2020! brasil acima de tudo, deus acima de todos”

Para criação da nova sigla são necessárias 500 mil assinaturas. Cada Estado precisa de 0,01% do número de eleitores para a criação do novo partido. No próximo dia 21 será realizada a convenção nacional de criançao do "Aliança".

Bolsonaristas de Garopaba devem acompanhar presidente e migrar para o “Aliança”

Publicidade Posts

Publicidade Posts

Compartilhe isso
Comentários

Olá, deixe seu comentário para Bolsonaristas de Garopaba devem acompanhar presidente e migrar para o “Aliança”

Já temos 2 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Luiz DUTRA

Luiz DUTRA

A renovação politica em Garopaba é necessario para a melhoria no nosdo Municipio, sem interesses individuais, NOVOVAR PARA MELHORAR. Estamos juntos com nosso presidente Bolsonaro.
★★★★★DIA 13.11.19 15h11RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Cibele Martin

Cibele Martin

Muito bom!!!
JUNTOS FICA MAIS FÁCIL
★★★★★DIA 13.11.19 09h27RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/