quermesse-garopaba

Quermesse Garopaba

viva-bicho-81

Viva Bicho

viva-bicho

Viva Bicho

Publicidade Posts

tmw-telecom

TMW Telecom

Catarinense, especialista em saúde vascular, ministra palestra na Ásia

Dr. Felipe Mamprim irá ao Japão falar sobre a técnica que de correção de varizes menos agressiva.

Catarinense, especialista em saúde vascular, ministra palestra na Ásia
(Foto: Divulgação)

Desde que viu sua vocação econômica ganhar força na área da saúde, fenômeno que tem chamado a atenção de instituições e do Poder Público nas últimas duas décadas, Tubarão tem colocado à disposição do mercado excelentes profissionais que se destacam em escala estadual e nacional.

Um deles é o médico-cirurgião vascular Felipe Mamprin, de 43 anos, pioneiro ao trazer para o Brasil uma técnica que de correção de varizes menos agressiva e quer permite recuperação mais rápida aos pacientes. Em junho, Mamprim irá ministrar uma aula sobre esse tema em um evento médico no Japão.

Formado em medicina pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) há quase 20 anos, o médico tem uma série de especializações em saúde vascular, uma delas feita em Ohio (EUA), e atua em Tubarão desde 2005. No início do mês foi um dos palestrantes do conceituado International Meeting on Aesthetic Phlebology (IMAP 2019), realizado em São Paulo.

Mamprim também se prepara para o 39º Reunião Anual da Sociedade Japonesa de Flebologia, na cidade de Nagoya, província de Aichi, onde irá ministrar uma aula. "Um momento ímpar em minha vida profissional, sigo com entusiasmo para o avanço da flebologia mundial", comenta.

O surgimento de varizes em mulheres, segundo o especialista, tem como causas fatores ligados à questões genética, hormonais, de gestação e uso de anticoncepcionais. Homens também estão sujeitos à doença que se apresenta com um simples problema estético, mas que pode causar um Acidente Vascular Cerebral (AVC), tromboso ou úlcera de perna.

A Cirurgia Venosa Minimamente Invasiva, especialidade de Felipe Mamprim, evita todas essas situações de risco. O cirurgião vascular foi um dos responsáveis por trazer essa técnica ao Brasil.

"Essa técnica surgiu há 20 anos nos Estados Unidos e a trouxemos para o Brasil há 10 anos. As técnicas tradicionais para tratamento de varizes consistiam na extirpação da veia, retirada cirúrgica, com internação prolongada, anestesia nas costas e repouso maior no pós-operatório. Com a nova técnica, pequenos cateteres ou substâncias são injetadas nas veias para criar uma cicatriz que fará o fechamento dela. É uma técnica menos agressiva e que promove o retorno mais rápido da paciente às ruas atividades", descreve.

Mamprim alerta ainda que, uma boa saúde vascular depende de uma série de fatores, mas a alimentação saudável e a prática de exercícios físicos regulares contribuem de maneira positiva para que as pessoas tenham risco menor de surgimento de varizes. “Isso promove uma melhora na circulação venosa, que é o bombeamento mais eficiente do sangue para o coração. Com isso, as pernas ficam mais leves, menos inchadas e com menos problemas circulatórios”, ressalta.

Colaboração: Jornalista Tuliana Rosa

Publicidade Posts

Publicidade Posts

Compartilhe isso
Comentários

Olá, deixe seu comentário para Catarinense, especialista em saúde vascular, ministra palestra na Ásia

Já temos 1 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Joe Carlos

Joe Carlos

Sentimos orgulho de um catarinense, profissional atualizado, levando Santa Catarina no cenário internacional.
Parabéns Dr Felipe
★★★★★DIA 16.05.19 13h12RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/