viva-bicho-81

Viva Bicho

viva-bicho

Viva Bicho

Publicidade Posts

tmw-telecom

TMW Telecom

Com mais de mil votos, Marlene Fengler (PSD) é a deputada estadual mais votada em Garopaba

Também eleita, Ada De Luca (MDB) ficou em terceiro. Nazareno Martins (PSB) foi o quarto mais votado na cidade. Pepê Collaço (PP) ficou em segundo, mas não se elegeu. Renovação na Alesc será de 55%; nomes conhecidos dos catarinenses não se elegeram.

Com mais de mil votos, Marlene Fengler (PSD) é a deputada estadual mais votada em Garopaba
Este foi o primeiro pleito que Marlene Fengler concorre a um cargo eletivo (Foto: Divulgação/AgenciaAL)

Para quem esperava que esta eleição seria de baixa renovação no Legislativo, o resultado, após apuração das urnas, também foi uma surpresa, assim como na Majoritária. A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) terá, a partir de 2019, 55% novos deputados.

Dos 40 deputados estaduais eleitos, 38 receberam votos em Garopaba. Quem venceu com maior vantagem foi Marlene Fengler (PSD), com 7,96% (1.013 votos). A terceira candidata mais votada foi Ada Faraco de Luca (MDB), com 6,47% (823). Nazareno Martins (PSB) foi o quarto. Ele fez 5,30% (675). Luiz Fernando Vampiro (MDB) foi o quinto mais votado, com 4,21% (536). Logo abaixo, na sétima e oitava posição, Jessé Lopes e Felipe Estevão (ambos PSL), com 445 e 403, respectivamente. Júlio Garcia (PSD) fez 2,95% (375) e Zé Milton Scheffer 2,87% (365), ocupando, a nona e décima posição, respectivamente.

Pepê Collaço (PP) foi o segundo mais votado, com 6,56% (835), e Dirce Heiderscheidt (MDB) a sexta, com 3,54% (451). Ele, em primeira tentativa, e ela, em reeleição, não conseguiram êxito. (Abaixo relação completa)

Laércio Schuster (PSB) e Milton Hobus (PSD) não receberam nenhum voto em Garopaba e foram eleitos deputado Estadual. Em todo o Estado, Laércio fez 36.923 e Milton 36.821.

Na corrida por cadeiras na Alesc ficaram de fora nomes fortes, como Mario Marcondes (MDB), Jean Khlmann (PSD), Vamir Comin (PP), César Valduga (PCdoB), Cleiton Salvaro (PSB), Serafim Venzon (PSDB) e Silvio Dreveck (PP). Este último surpreende, uma vez que ocupou a presidência do parlamento catarinense durante todo o ano de 2017 e havia voltado com a morte de Aldo Schneider (MDB).

Composição da Assembleia

O MDB continuou sendo o partido com mais cadeiras na Alesc, elegendo nove deputados. O PSL conseguiu eleger seis deputados estaduais. O PSD terá, a partir de janeiro de 2019, cinco vagas, seguido pelo PT que ficou com quatro. PP, PR e PSB ocuparão três vagas cada. PDT e PSDB duas e PRB, PSC e PV, uma vaga cada.

Com mais de mil votos, Marlene Fengler (PSD) é a deputada estadual mais votada em Garopaba

Atualizada às 15h50

Publicidade Posts

Publicidade Posts

Compartilhe isso
Comentários

Olá, deixe seu comentário para Com mais de mil votos, Marlene Fengler (PSD) é a deputada estadual mais votada em Garopaba

Enviando Comentário Fechar :/