brde

BRDE

viva-bicho-81

Viva Bicho

viva-bicho

Viva Bicho

Publicidade Posts

tmw-telecom

TMW Telecom

Doenças avançam em Santa Catarina

Os dados da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE), divulgados recentemente, apontam que, no ano passado, as enfermidades como sarampo, gripe, dengue e febre amarela, provocadas por vírus, aumentaram assustadoramente e ocasionaram mortes no Estado.

Doenças avançam em Santa Catarina
(Kateryna Kon / SCIENCE PHOTO LIBRARY/Getty Images)

Nem todos os indicadores são positivos em Santa Catarina. Infelizmente, no ano passado, as enfermidades como sarampo, gripe, dengue e febre amarela, provocadas por vírus, aumentaram assustadoramente e ocasionaram mortes. A gripe levou 70 pessoas ao óbito, em 2019, um acréscimo de 20,6% em relação ao ano anterior, quando foram registrados 58. O aumento no número de pessoas que tiveram a doença saltou de 461 para 512 de um ano para outro. Os dados são da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE-SC). A velocidade com que o mosquito Aedes aegypti se reproduz resultou num aumento desalentador no número de focos detectados, de 87,6%, passando de 16.007 para 30.029. O ano terminou com 97 municípios considerados "infestados" e 1.911 casos de dengue. Três cidades catarinenses: Itapema, Camboriú e Porto Belo acabaram o ano com uma epidemia de dengue. O Estado, que não tinha febre amarela desde 2015, registrou, de janeiro a 28 de dezembro de 2019, duas mortes e depois de ter praticamente interrompido a circulação do vírus do sarampo no ano 2000, computou 276 casos no ano passado e 36 cidades estão enfrentando surtos ativos da doença. O mais curioso é que os municípios com mais casos são também os maiores, mais ricos e industrializados como Joinville (123), Florianópolis (38), Concórdia (18) e Jaraguá do Sul (13).

Robô antibomba

O secretário Nacional de Segurança Pública Interino, Freibergue Rubem do Nascimento, assina na terça-feira (14) a transferência de posse do robô antibomba Teodor para o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). O equipamento pode ser controlado remotamente a um quilômetro de distância do local da intervenção. Ele vem equipado com câmeras de alta definição capazes de identifi car e manusear objetos estranhos com segurança e nas mais diversas situações. O equipamento também pode ser utilizado em casos envolvendo armas químicas, biológicas ou durante a negociação com alguém que porte arma de fogo.

"Para suprir a demanda interna da China, que é produtora de um terço da carne suína do mundo e que está tendo que eliminar boa parte do seu rebanho, eles acabaram adquirindo em maior volume a carne suína catarinense, principalmente em decorrência do status sanitário."

Jorge Luiz de Lima, diretor do Sindicato das Indústrias de Carnes e Derivados (Sindicarne - SC), sobre o aumento de 14,3% das exportações catarinenses de suínos em 2019

Expansão 

O Balneário Shopping, em Balneário Camboriú, será ampliado em 12 mil metros quadrados de área bruta locável (ABL), aumento de quase 30% de área. A Almeida Junior também anunciou que iniciará em outubro a expansão e revitalização da fachada do Shopping Neumarkt, em Blumenau, que foi o primeiro empreendimento do grupo.

Reforço na frota 

A Polícia Militar (PMSC) irá entregar, neste mês, 122 viaturas adquiridas com recursos dos convênios de trânsito e emendas parlamentares. A medida irá renovar a frota de viaturas de 49 municípios catarinenses. Nesta semana, foram distribuídas 18 Chevrolet Trailblazer, nove caminhonetes Ford Ranger e, até o fi m de janeiro, 83 veículos Renault Duster, uma caminhonete Renault Oroch e sete motocicletas Honda CRF1000 Africatwin.

Licitações públicas 

A Effecti, startup de Rio do Sul, especializada em tecnologia para licitações, promove nesta segunda-feira (13), curso on line e gratuito voltado a empresários, MEIs e empreendedores interessados em vender para o Governo. A iniciativa faz parte da Semana do Licitante e vai explicar o que são Compras Públicas 4.0 e como participar de uma licitação. Inscrições no site: https://www.effecti.com.br/landing/semana-do-licitante/

Miopia infantil 

De cada dez casos diagnosticados de miopia, apenas um é passado de pai para filho. Os outros nove são provocados pelos hábitos do dia a dia, alerta o doutor João Artur Etz Junior, presidente da Associação Catarinense de Oftalmologia. Segundo ele, em época de férias crianças e adolescentes usam celulares e tablets no tempo que costumavam estar em aula. Mas o excesso do uso de telas digitais está diretamente associado ao aumento do número de casos de miopia infantil.

#Jesus

O assunto mais comentado no Twitter nesta sexta-feira (10) foi #Jesus, com 338 mil tuítes às 10h30, depois da polêmica decisão do ministro do STF, Dias Toffoli, em relação à peça teatral que retrata Jesus Cristo como homossexual.

Publicidade Posts

Publicidade Posts

Compartilhe isso
Comentários

Olá, deixe seu comentário para Doenças avançam em Santa Catarina

Enviando Comentário Fechar :/