viva-bicho-81

Viva Bicho

viva-bicho

Viva Bicho

Publicidade Posts

tmw-telecom

TMW Telecom

Em vídeo, internauta registra dificuldade de manobra no trevo de Araçatuba

Na verdade, vídeo divulgado nesta manhã nas redes sociais registrou um teste feito pelo DNIT. Órgão notificou a empresa SETEP que fará, a partir de amanhã, as correções necessárias.

Em vídeo, internauta registra dificuldade de manobra no trevo de Araçatuba
Pista alongada no trevo de Araçatuba foi reprovada pelo DNIT e passará por alterações

Poucos dias após a liberação do retorno ao sentido Sul da BR-101 no viaduto de acesso a Garopaba, em Araçatuba, motoristas que utilizam a estrutura têm reclamado das obras feitas no local.

Leia também: Finalmente trevo de Araçatuba tem retorno concluído

No entanto, o maior protesto dos usuários não diz respeito à conversão para retorno, mas sim no alongamento construído na saída do viaduto, utilizado por quem vem do Norte do Estado (Florianópolis).

Em vídeo, um internauta registrou a dificuldade encontrada pelo motorista de uma carreta ao tentar acessar a rodovia SC-434. O caminhão, que vinha do trecho Norte da rodovia federal, levou mais de três minutos para realizar a manobra. O internauta compartilhou o vídeo no WhatsApp e viralizou na rede. Na gravação é possível ver um homem, uniformizado, auxiliando o condutor da carreta. (assista o vídeo abaixo)

Em uma das postagens do vídeo feita no Facebook, outros motoristas reclamam que a pista e os canteiros laterais, construídos em concreto, ficaram muito estreitos. “Como pode um engenheiro fazer um trevo que não entra carreta nem ônibus de quatro eixos. Ele deve achar que os alimentos vêm de avião ou navio”, questionou um internauta.

O portal Notícias In Foco procurou o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). A assessoria do órgão informou que a carreta que aparece no vídeo foi levada pelo próprio departamento para testar a estrutura. “Nesta manhã técnicos do DNIT, acompanhados do superintendente regional em Santa Catarina, Ronaldo Carioni, estiveram no local verificando a obra que está em testes. Foi levado um caminhão e provamos para a empresa que construiu que o ângulo da pista não é o ideal”, informou a assessoria explicando ainda que a partir de amanhã a SETEP, empresa que fez a obra, deve começar as correções.

Ainda de acordo com a assessoria do DNIT, o trecho continuará liberado em caráter de testes.

Mudanças

O novo retorno foi construído em frente ao Restaurante Caminho das Praias e, a partir de agora, permite que os motoristas acessem o viaduto, podendo retornar a Imbituba ou ao Sul da BR-101. Os motoristas que vêm de Florianópolis também precisam ficar atentos já que um alongamento de pista precisou ser feito. Logo, para acessar a rodovia SC-434 é preciso trafegar nessa nova pista que ficou com angulação inadequada e terá correções, principalmente para a passagem de veículos longos.

Assista o vídeo com a carreta testando o novo acesso a SC-434 no trevo de Araçatuba

Publicidade Posts

Publicidade Posts

Compartilhe isso
Comentários

Olá, deixe seu comentário para Em vídeo, internauta registra dificuldade de manobra no trevo de Araçatuba

Já temos 3 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Rodrigo Pacheco

Rodrigo Pacheco

Parabéns à PM de Garopaba!!
★★★★★DIA 30.01.19 12h41RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Fake News

Fake News

Reclama reclama, morador de veraneio, da bola ainda vocês...esse tipo de caminhão nao entra todo dia na cidade, vocês propõe mais uma obra então? E depois outra e outra, a isso tudo no mesmo trecho... Parabéns pelo nada feito... opinião sem solução, doque adianta reclamar, nao sabe nem analisar... parabéns pela falta de material de matéria.
★★★★★DIA 23.01.19 19h16RESPONDER
Thiago Pereira
Enviando Comentário Fechar :/
Thiago Pereira

Thiago Pereira

Olá internauta. O que nós noticiamos se trata de uma obra pública que ficou inapropriada ao local. Não propomos nenhuma obra e sim que ela se adeque ao tráfego daquela região. Outro fator é que, um dia após o trânsito ser liberado para testes, no local, diversos caminhoneiros e motoristas de ônibus reclamaram que o alongamento da pista havia ficado muito estreito. Como descrito na matéria, o próprio DNIT contestou isso. Tanto é que, no vídeo da matéria, mostra o próprio caminhão trazido pelo DNIT para comprovar que a empreiteira precisa refazer o trecho. Quanto à questão que você menciona, de forma anônima, que nos falta material, esclarecemos que você está equivocado e deve estar lendo outro noticiário pois aqui, no Notícias In Foco, o que não falta é material (conteúdo). Era isso, Thiago Pereira - editor-chefe (JP 5650/SC)

★★★★★DIA 24.01.19 10h36RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/