viva-bicho-81

Viva Bicho

viva-bicho

Viva Bicho

Publicidade Posts

tmw-telecom

TMW Telecom

Investidor de risco

Sebrae lançará nas próximas semanas novo programa para empresas inovadoras buscarem investidores. Mais detalhes e outras informações de SC na coluna Pelo Estado desta sexta-feira (5).

Investidor de risco
(Foto: Agência Sebrae de Notícias)

O programa Startup SC, do Sebrae-SC, lança mais uma frente de atuação no próximo dia 17. Será apresentado o Projeto Capital Empreendedor, iniciativa que visa conectar investidores a empresas inovadoras. O capital empreendedor, também conhecido como capital ou investimento de risco, é uma das formas que os empresários têm de captar recursos para colocar em prática os planos e projetos em longo prazo das empresas. Nessa forma de financiamento, um investidor, o investidor de risco, emprega recursos no negócio em troca de participação societária, geralmente minoritária, de uma empresa de capital fechado. Esse aporte pode ocorrer tanto em negócios que estão começando, até nos mais consolidados, que já possuem uma grande operação, mas precisam de recursos para continuar crescendo. O projeto já foi executado em cinco estados brasileiros e tem como objetivo preparar os empresários para os processos que envolvem o investimento de risco e os critérios de decisão dos investidores. "O evento pretende, também, aproximar as propostas dos investidores aos projetos das empresas, identificando aquelas que mais agregam valor ao negócio e melhor se adaptam ao momento da empresa", relata o coordenador do Projeto Capital Empreendedor no Sebrae-SC, Roberto Tavares de Albuquerque. Entre as principais atividades estão a preparação prática dos empreendedores sobre capital empreendedor, mentoria de negócios e mentoria comportamental e a rodada de negócios com investidores por meio do circuito de investimentos. Informações e inscrições para o Workshop de Sensibilização, no site www.startupsc.com.br/capital-empreendedor

Conhecimento x Preconceito

A Assembleia Legislativa sediou, ontem, o IV Congresso Catarinense sobre Autismo. O evento reuniu cerca de 700 pessoas que discutiram o transtorno, suas formas de identificação e as maneiras de incluir os autistas na sociedade. O presidente da Casa, deputado Julio Garcia (PSD), resgatou a parceria entre o Legislativo estadual e os movimentos de apoio. "Esta aproximação da Assembleia com os movimentos sociais – de modo especial o das Apaes e o movimento que trabalha com autismo e tantos outros segmentos – já vem desde 2005 e só foi ampliada", disse o deputado, que aproveitou para lançar um desafio aos colegas parlamentares: "Vamos encontrar caminhos para fazer a lei do autista." Para o palestrante Clay Brites, pediatra especialista em neurologia infantil, nada funciona mais do que conhecimento. "A hora em que se conhece profundamente, o preconceito vai embora." A emoção ficou por conta do estudante e escritor autista Marcos Petry. Ao violão, ele cantou o "Hino do Autista" e foi aplaudido de pé pelos participantes.

Diálogo e coerência 

O deputado estadual Maurício Eskudlark (PR), novo líder de governo na Assembleia Legislativa, pretende discutir o texto da proposta de reforma administrativa com todos os parlamentares. A ideia é ouvir os deputados para chegar a um entendimento conjunto. "Com bastante diálogo e coerência, acredito que chegaremos a um consenso sem grandes problemas. Nosso pedido aos colegas é que deixemos as diferenças partidárias de lado", afirma Eskudlark. 

Divergência 

O líder de governo acredita que o artigo 157, da reforma administrativa, será um dos pontos de maior divergência durante a tramitação da proposta. O artigo estabelece que o governador fica autorizado a promover as adequações necessárias  na lei orçamentária anual e na lei plurianual, incluindo readequações de programas, funções, etc. "Essa parte do texto só permite que o governador Carlos Moisés faça as mudanças necessárias no contexto da lei que for aprovada na Assembleia Legislativa. É importante deixar claro que o governador vai cumprir a lei", destaca o parlamentar. 

A reforma administrativa tramita em regime de urgência, ou seja, deve ser analisada em 45 dias. "Já tivemos algumas conversas com deputados e sentimos a maioria favorável à reforma, que é um direito de quem assume o governo. Se nós não votarmos com consciência e extrema responsabilidade, todos perderemos. A população perde. O Estado como um todo será prejudicado. Não é um desejo do governo Carlos Moisés, é um desejo de Santa Catarina", concluiu Eskudlark. 

Nos EUA 

A deputada federal Geovania de Sá (PSDB-SC) embarca hoje para os Estados Unidos. A parlamentar, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Luis Fernando Barroso, e a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, vão palestrar no Painel Mais Tolerância: Relações entre Estado e Religião no Brasil, durante a Brazil Conference at Harvard & MIT. A conferência é realizada pela comunidade brasileira de estudantes em Boston para promover o encontro com líderes e representantes da diversidade.

Psicologia

Neste final de semana (6 e 7), em Florianópolis, acontece o 10º Congresso Regional de Psicologia. Além da programação com temas pertinentes à profissão, serão divulgadas as chapas da próxima gestão da entidade, para o período 2019-2022, e eleitos os delegados que defenderão as propostas regionais na edição nacional do evento, o Congresso Nacional de Psicologia, realizado em Brasília no final de maio.

Publicidade Posts

Publicidade Posts

Compartilhe isso
Comentários

Olá, deixe seu comentário para Investidor de risco

Enviando Comentário Fechar :/