viva-bicho-81

Viva Bicho

viva-bicho

Viva Bicho

Publicidade Posts

tmw-telecom

TMW Telecom

MEI catarinense tem perfil diferenciado

Estado ficou em segundo lugar no país com a maior renda média mensal de um microempreendedor individual, com faturamento de R$ 5.067,00, perdendo apenas para o Distrito Federal.

MEI catarinense tem perfil diferenciado
(Foto: Divulgação/EBC)

Realidade na economia brasileira há 10 anos, o Microempreendedor Individual (MEI) responde pela única fonte de recursos de 1,7 milhão de famílias. Isso significa que 5,4 milhões de pessoas no país dependem da renda de um MEI. Isso é o que aponta a sexta edição da pesquisa "Perfil do MEI", realizada pelo Sebrae em todos os estados brasileiros. Conforme a pesquisa, que entrevistou 10.339 empresários do segmento entre 1º de abril e 28 de maio, a atividade é a única fonte de renda de 76% dos MEIs. Ou seja, 4,6 milhões de MEIs dependem exclusivamente da sua atividade empreendedora. Em Santa Catarina, esse índice cai para 30%. O diretor superintendente do Sebrae-SC, Carlos Henrique Ramos Fonseca, avalia que esse resultado pode apontar para um perfil diferenciado do empreendedor catarinense. "Essa diferença entre Santa Catarina e a média nacional pode indicar que o empreendedor catarinense investe mais por oportunidade e não por necessidade. Por isso, a sua renda como MEI não é única fonte de renda da casa", avalia o diretor. A pesquisa aponta também que o estado ficou em segundo lugar no país com a maior renda média mensal de um microempreendedor individual, com faturamento de R$ 5.067,00, perdendo apenas para o Distrito Federal, cuja renda média mensal do MEI é de R$ 5.592,00. A média brasileira é de R$ 4,4 mil. (Leia o resultado completo da pesquisa em scportais.com.br)

Preocupação de todos

O feminicídio não é preocupação exclusiva das mulheres, mas também dos homens. Afinal, eles são filhos e, não raro, irmãos, sobrinhos, primos, tios e pais de mulheres. O tema foi abordado pelo deputado João Amin (PP) diante do "alarmante número de feminicídios em Santa Catarina". Ele encaminhou Pedido de Informação ao Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial solicitando os dados desse tipo de crime em 2019 e quadro comparativo com 2018. Foram 32 casos registrados em Santa Catarina em 2019 até o envio das informações ao gabinete do parlamentar. Isso representa um aumento de 39,1% em relação ao mesmo período de 2018. Entre 1º de janeiro e 31 de julho de 2018, foram 23 casos. Na comparação de fevereiro de 2019 sobre fevereiro de 2018 houve um aumento de 400%, ampliando de um para cinco casos, enquanto que em abril 2018/2019 houve crescimento de dois para sete casos, o que representa aumento de 250%.

Polêmica na Câmara

"É uma profissão de alta periculosidade e os governos precisam se atentar a isso. Os agentes necessitam do uso de arma, contem comigo para a aprovação", afirmou o deputado Hélio Costa (PRB-SC) na Audiência Pública realizada em Brasília e que tratou da segurança no sistema socioeducativo brasileiro. Ainda na audiência, o deputado defendeu o Estatuto da Criança e Adolescente. "O ECA precisa ser aberto e cumprido à risca. Com isso, haverá uma diminuição de jovens na criminalidade".

Falando em mulheres... A Assembleia Legislativa e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SC) abriram as inscrições para o Congresso de Liderança Política Feminina, que ocorrerá nos dias 3 e 4 de outubro, em Florianópolis. O evento vai colocar em debate a conquista do espaço político e social pelas mulheres. O presidente da Assembleia, deputado Julio Garcia (PSD), considera fundamental estimular a participação feminina para garantir mais equilíbrio na representatividade política. As inscrições são gratuitas e já podem ser realizadas pelo site escola.alesc.sc.gov.br/

Falando em segurança... Segundo a publicação Voz Única, da Federação Empresarial (Facisc), segurança pública é um dos assuntos que mais preocupam os empresários. O dado motivou a realização do 1º Encontro Estadual de Segurança "SC mais Segura", parceria da Facisc com a Polícia Militar (PMSC, marcado para a próxima quarta-feira (11), em Florianópolis. Entre as presenças já confirmadas estão o ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Jorge Oliveira, o ex-oficial da Marinha de Israel Ronen Avraham e o coronel da Polícia Militar de São Paulo José Vicente da Silva Filho.

Publicidade Posts

Publicidade Posts

Compartilhe isso
Comentários

Olá, deixe seu comentário para MEI catarinense tem perfil diferenciado

Enviando Comentário Fechar :/