viva-bicho-81

Viva Bicho

viva-bicho

Viva Bicho

Publicidade Posts

tmw-telecom

TMW Telecom

Menos ódio, mais amor - Disque 180

Disse Maria da Penha Maia Fernandes, que inspirou e dá nome à Lei Maria da Penha, em entrevista coletiva essa semana na Capital. Confira esse e outros destaques da coluna Pelo Estado desta quinta-feira (31).

Menos ódio, mais amor - Disque 180
(Foto: Divulgação)

A farmacêutica bioquímica Maria da Penha Maia Fernandes, que inspirou e dá nome à Lei Maria da Penha de proteção às mulheres vítimas de violência, vigente há 13 anos, participou do lançamento da campanha Menos Ódio, Mais Amor – Pelo fim da violência contra a mulher, promovida pela Associação Catarinense das Indústrias de Água Mineral (Acinam) e lançada ontem à tarde, na sede da Federação das Indústrias (Fiesc), em Florianópolis. Na cadeira de rodas que precisa usar desde que ficou paraplégica em uma tentativa de feminicídio por seu ex-marido, ela falou a um auditório lotado sobre a luta pelo reconhecimento do crime de morte contra a mulher como um crime específico e não um homicídio comum ou um crime passional. Segundo ela, no caso da violência cometida por quem deveria proteger, a mulher é agredida e morta pelo simples fato de ser mulher. Apesar de comemorar os resultados da lei, como mais atenção da Justiça para os casos e o encorajamento das vítimas para denunciar, ela acredita que o país está atrasado na desconstrução do machismo pela via da educação escolar. As 14 associadas da Acinam colocarão no mercado um milhão de garrafões de 20 litros, usados em residências e em empresas, com o adesivo da campanha "Menos Ódio, Mais Amor – Pelo fim da violência contra a mulher", destacando o disque-denúncia 180. O presidente da Acinam, Tarciano Oliveira, acredita que o aumento no número de denúncias vai fazer com que o próprio Estado se empenhe em melhorar a rede de assistência às vítimas, com mais delegacias especializadas e também com a instalação de casas de apoio.

"Eu fui vítima de uma arma de fogo dentro de minha casa, em minha cama! O que se pode esperar?"

Maria da Penha Fernandes, ao falar, em coletiva a jornalistas de Florianópolis, sobre a preocupação com o decreto busca apenas flexibilizar a posse legal de arma de fogo

Antes da posse 

Bancada estadual do MDB deve encaminhar, antes da posse dos deputados estaduais, amanhã, na Assembleia, os espaços nas comissões técnicas. Também deve definir seu novo líder, já que o atual, Carlos Chiodini, foi eleito deputado federal e passa a atuar em Brasília. O nome de Mauro de Nadal está consolidado como candidato a vice-presidente da Assembleia, respaldando a eleição de Julio Garcia à presidência, decisão tomada por quase todos os membros da bancada emedebista. Moacir Sopelsa e Valdir Cobalchini não assinaram embaixo. E têm se mantido afastados do restante do grupo. A partir de amanhã será possível saber da unidade do MDB na Assembleia.  

Vai ser bom? 

É preciso saber também se o MDB unido é bom ou ruim para o Executivo. Afinal, mesmo não tendo se saído tão bem nas últimas eleições, o partido ainda é o maior do estado e elegeu a maior bancada. Portanto, tem poder de voto e de veto. Ainda mais se estiver bem articulado internamente.

Ter aliados no Legislativo é essencial para o governo Carlos Moisés/Daniela Reinehr. Governar por decreto é desgastante e sem o apoio dos parlamentares estaduais vai ser bem mais difícil promover todas as mudanças planejadas. O fato é que, na hora de esvaziar cargos, incluindo nomes indicados por deputados fortes, Moisés mexeu em vespeiros. O tamanho do problema só será percebido a partir do começo de fato da atividade legislativa.

Pouco a pouco o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, vem conquistando simpatias que já se manifestam nas redes sociais. A fan page General Mourão Eu Apoio tem 286 mil curtidas e 306 mil seguidores; a Somos Todos General Mourão tem 175 mil curtidas e 176 mil seguidores. Para citar só duas. É claro que ele terá que comer muito feijão com arroz para chegar perto dos números do presidente Bolsonaro, que só na página oficial tem mais de 10 milhões de seguidores. Mas Mourão já sabe o caminho.

Inovação 

No dia 8 de fevereiro será realizado, em Florianópolis, evento do programa 101 Dias de Inovação no Setor Público, para destacar o papel da inovação nos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário. A iniciativa é da WeGov, com o patrocínio da Softplan.

Publicidade Posts

Publicidade Posts

Compartilhe isso
Comentários

Olá, deixe seu comentário para Menos ódio, mais amor - Disque 180

Enviando Comentário Fechar :/