viva-bicho-81

Viva Bicho

viva-bicho

Viva Bicho

Publicidade Posts

tmw-telecom

TMW Telecom

Ministra Damares está preocupada com a redução da idade nos casos de suicídio e automutilação

Já há registros no SUS de crianças com apenas 6 anos que se suicidaram.

Ministra Damares está preocupada com a redução da idade nos casos de suicídio e automutilação
Ministra fez o alerta em evento realizado nesta quinta-feira (29), na Capital (Foto: Willian Meira - Ascom/MMFDH)

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, fez a palestra de abertura do Seminário. Recebida pelo presidente da Unale e pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Julio Garcia (PSD), ela tratou como “propósito de Deus” o fato de estar no ministério ao mesmo tempo em que Kennedy Nunes preside a Unale. É que os dois já se conheciam das searas evangélicas e vêm conversando sobre os temas abordados no Seminário desde o começo do atual governo.

Leia também: Na capital, seminário trata do aumento de casos de suicídio, automutilação e violência contra a mulher

Antes da palestra, em entrevista coletiva, ela destacou que o suicídio já é a quarta causa de mortes evitáveis no Brasil. No mundo, é a segunda. E os números podem se tornar ainda mais impactantes no que tange ao Brasil. O atual governo está alterando a forma de notificação, obrigando o registro de todos os casos, inclusive daqueles que ficam na tentativa, dos que não resultam em morte num primeiro momento, mas a pessoa morre horas ou dias depois no hospital, e ainda dos que ficam sob investigação policial quanto à causa da morte. Concluído que foi por suicídio, e não homicídio ou acidente, terá que ser feita a notificação. Também passarão a ser registrados com maior rigor os casos de automutilação. Tudo para embasar um plano de ação que ajude na prevenção. “Chega de dor e sofrimento”, decretou a ministra. “Uma vida perdida por causa do suicídio já é demais. Temos que estar juntos.”

Uma das maiores preocupações relatadas por Damares é pela redução gradativa da idade de quem comete suicídio. Ela contou que já existem ocorrências no SUS de crianças de seis anos que se suicidaram. “A idade tem diminuído muito e nós temos que entender esse fenômeno, que não ocorre só no Brasil. É um fenômeno mundial. As crianças relatam que estão em profundo sofrimento e que têm dor na alma. Vamos ter que entender o que estamos fazendo para provocar tanta dor na alma dessa geração”, disse, provocando a participação de todos no debate e pedindo que sejam esquecidas as diferenças ideológicas, políticas, religiosas e partidárias na busca por soluções. “Vamos ter que dar as mãos para salvar essas crianças.”

Quanto aos casos de violência contra a mulher, ela rejeitou a afirmação que seja uma questão cultural e disse que a mudança desse cenário começará nas salas de aula, para crianças já a partir dos 4 anos e como matéria curricular. Entretanto, defendeu que não seja só em relação às mulheres, mas a todos os seres humanos. “Vamos ter que resgatar alguns valores no Brasil. Enquanto isso não ocorre, é preciso denunciar. Não só a violência física. A violência psicológica também destrói vidas.” Damares afirmou que as questões abordadas no Seminário da Unale e ainda a violência contra crianças e adolescentes não serão vencidas por um único poder, mas deverá envolver Executivo, Legislativo, Judiciário e Ministério Público em todos os níveis – federal, estadual e municipal. “Todo mundo vai ter que dar as mãos. Vai ser necessária uma união de forças”, convocou.

Publicidade Posts

Publicidade Posts

Compartilhe isso
Comentários

Olá, deixe seu comentário para Ministra Damares está preocupada com a redução da idade nos casos de suicídio e automutilação

Enviando Comentário Fechar :/