viva-bicho-81

Viva Bicho

viva-bicho

Viva Bicho

Publicidade Posts

tmw-telecom

TMW Telecom

Por falta de médicos, Rosenvaldo Júnior atende em posto de saúde de Imbituba

Prefeito da Capital Nacional da Baleia Franca, que é cardiologista, precisou deixar o gabinete para atender a população em função da defasagem de médicos em algumas comunidades do município.

Por falta de médicos, Rosenvaldo Júnior atende em posto de saúde de Imbituba
Prefeito atendeu 10 pacientes e deve visitar postos de outros bairros de Imbituba (Foto: Divulgação/Prefeitura de Imbituba)

A rotina do chefe do Poder Executivo Municipal de Imbituba precisou ser alterada nesta quarta-feira (23). Ao invés de despachar no gabinete ou visitar obras, o prefeito Rosenvaldo da Silva Júnior (PT), que é cardiologista em atividade no município, passou a tarde atendendo, voluntariamente, os pacientes da Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Campo da Aviação.

“Nós tivemos, nos últimos meses, a saída de quatro profissionais. E, nesse mês de janeiro, alguns médicos estão de férias. Com isso, estamos com algumas unidades com defasagem no atendimento. A Secretária de Saúde pediu o nosso apoio, por isso,  viemos atender a população e fazer a nossa parte”, disse o Prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior.

A iniciativa foi tomada porque quatro postos de saúde (Vila Santo Antônio, Roça Grande e Araçatuba) estão sem médicos há alguns meses. Tudo porque, os profissionais que trabalhavam nos locais, deixaram os cargos por questões profissionais. Segundo a Secretária de Saúde, Graciela Wiemes Ribeiro, como há uma lista de aprovados em concurso público em vigência, o município precisa seguir o que determina o edital, antes da nomeação do novo profissional.

“Além do Campo da Aviação, estamos com déficit nos bairros Vila Santo Antônio, Roça Grande e Araçatuba. Como estamos cumprindo a legalidade do edital, primeiro, nós precisamos fazer o chamamento do próximo classificado no concurso público seletivo. Em seguida, nós devemos aguardar o profissional por 30 dias. Esse é o tempo que ele tem para nos informar se quer ou não a vaga. Depois desse período, o médico tem, ainda, mais 30 dias para entregar a documentação e começar, efetivamente, o trabalho. O problema é que alguns profissionais desistiram da vaga. Por isso, a demora na contratação”, disse a secretária Graciela.

O Prefeito de Imbituba atendeu, nesse primeiro dia, 10 pacientes. Os outros três bairros da cidade que estão sem médicos nos postos de saúde, receberão a visita do chefe do Poder Executivo nos próximos dias. A data ainda será definida.

Colaboração: Rodrigo Speck / Assessoria de Imprensa Prefeitura de Imbituba

Publicidade Posts

Publicidade Posts

Compartilhe isso
Comentários

Olá, deixe seu comentário para Por falta de médicos, Rosenvaldo Júnior atende em posto de saúde de Imbituba

Enviando Comentário Fechar :/