brde

BRDE

viva-bicho-81

Viva Bicho

viva-bicho

Viva Bicho

Publicidade Posts

tmw-telecom

TMW Telecom

Semana começa tensa em SC

Amandio João da Silva Junior é o novo chefe da Casa Civil do Estado. Ele já fazia parte do governo de Carlos Moisés. A troca ocorre após a força-tarefa liderada pelo MPSC, TCE e Polícia Civil relacionar o nome do ex-secretário Douglas Borba ao caso da compra dos 200 respiradores.

Semana começa tensa em SC
Amandio João da Silva Junior é o novo chefe da Casa Civil em Santa Catarina (Foto: Arquivo/SDE)

A semana começa agitada em SC. Depois da troca de comando na Saúde, na semana passada, agora é a Casa Civil que tem um novo chefe. O escolhido foi o empresário Amandio João da Silva Junior, natural de Ituporanga, mas radicado em Rio do Sul. Ele já fazia parte do governo de Carlos Moisés (PSL), e de janeiro a dezembro de 2019 foi secretário adjunto do Desenvolvimento Econômico e Sustentável.

A troca ocorre após a força-tarefa liderada pelo MPSC, TCE e Polícia Civil relacionar o nome do secretário Douglas Borba ao caso da compra dos 200 respiradores. As investigações apontaram relação de Douglas com pessoas ligadas diretamente com as negociações. Douglas pediu afastamento afirmando que vai se dedicar a sua defesa sobre o caso.

Se não bastasse, a primeira reunião da CPI dos Respiradores na Alesc aprovou o pedido dos deputados João Amin (PP) e Laércio Schuster (PSB) para acareação entre os ex-secretários Douglas Borba e Helton Zeferino e a servidora Márcia Pauli. Segundo os parlamentares, os três tiveram envolvimento com a compra dos 200 respiradores pela Veigamed, no valor de R$ 33 milhões.

Os rumos da investigação apontam para uma suposta organização criminosa com ramificações em outros estados. Os respiradores que deveriam ter chegado ao estado em abril, ainda não deram sinal. Segundo a empresa, o primeiro lote com 50 equipamento já embarcou na China, e deve chegar nos próximos dias.

Dinheiro Vivo

A Operação Oxigênio, que investiga a compra dos respiradores, apreendeu R$ 300 mil em espécie, documentos e EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) em buscas no Rio de Janeiro. A ação conjunta com a Polícia do Rio pode ser a pista que ainda falta para saber onde foram parar os R$ 33 milhões pagos antecipado pelos respiradores.

Projeto Jorginho

Levantamento feito junto ao Tribunal Regional Eleitoral de SC mostra que o PL foi o partido que mais filiou vereadores na janela partidária. O partido de Jorginho Melo filiou 152 novos vereadores seguido pelo PSL, com 83, e do Podemos, com 53. O Republicano e o Patriotas, que tentaram se aproximar do bolsonarismo, filiaram 19 e 7 vereadores respectivamente. O crescimento no número de prefeitos e vices do Partido Liberal registrou um crescimento de 50%. Entre os grandes partidos do nosso estado que registram maior queda de filiados estão o PSDB e PSD.

Saúde

O Ministério Público em Urubici determinou instauração de inquérito para apurar irregularidades no Hospital São José, Segundo denúncia haveria ausência de condições de higiene e na exposição de pacientes e funcionários a risco.

Rigor no Oeste

A Secretaria de Saúde recomendou mais rigor na prevenção ao contágio do coronavírus nos municípios do Oeste. Também foi orientado o fechamento do comércio não essencial em Chapecó.

Após a confirmação de 45 novos casos nas últimas 24 horas, Chapecó chegou a 298 casos, a segunda em contágio, atrás apenas de Florianópolis. Também agora é obrigatório uso de máscaras em espaços públicos e áreas comuns de condomínios e estabelecimentos, além do distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas.

Chapecó  

Apesar da recomendação do governo do Estado, a Prefeitura de Chapecó não acatou o fechamento do comércio não essencial. O governador Moisés comentou o assunto e disse que que a região oeste é uma das que merece maior cuidado. e que as autoridades locais precisam defender a população.

Publicidade Posts

Publicidade Posts

Compartilhe isso
Comentários

Olá, deixe seu comentário para Semana começa tensa em SC

Enviando Comentário Fechar :/