viva-bicho-81

Viva Bicho

viva-bicho

Viva Bicho

Publicidade Posts

tmw-telecom

TMW Telecom

Turismo movimenta a economia de Santa Catarina em julho

A Serra e o Litoral de Santa Catarina movimentam milhares de turistas no inverno. O friozinho da serra atrai para o turismo rural e as belas paisagens. Já o Litoral Sul, especialmente Laguna, Imbituba e Garopaba, é o único berçário de baleias franca do Brasil.

Turismo movimenta a economia de Santa Catarina em julho
Baleias Francas já podem ser vistas no Litoral Sul de SC (Foto: Karina Groch/Instituto Australis)

Santa Catarina se destaca entre muitos estados brasileiros pelos seus muitos atrativos turísticos. Tem atrações durante o ano todo e para todos os gostos. No verão as praias e no inverno o friozinho da Serra. Porém, são as atividades de lazer e os entretenimentos em diferentes regiões do estado que chamam os turistas nesta época do ano e movimentam a economia.

Certificado pelo Travellers' Choice como melhor Parque Temático da América do Sul e um dos 20 melhores do mundo, o Beto Carrero World teve um crescimento de público 13% maior nestas férias de julho em relação ao ano passado. Entre as atrações, destaque para o espetáculo de manobras radicais Hot Wheels Epic Show, que coleciona números recordes, somando mais de 400 apresentações em um ano e com lotação máxima na arquibancada de 3 mil lugares. "É um marco. O show se tornou a primeira atração permanente da Hot Wheels em grande escala na América do Sul", afirma o diretor presidente Rogério Siqueira.

O turismo religioso também atraiu multidão. Mais de 20 mil devotos participaram da 28ª Festa de Santa Paulina no Santuário Santa Paulina, dia 14 de julho, em Nova Trento, celebração pelos 77 anos de eternidade da primeira Santa do Brasil.  A Festa já é considerada um dos eventos religiosos mais populares do estado e o Santuário é o segundo maior destino de turismo religioso do país, atrás apenas de Aparecida (SP).

O festival de dança é outro atrativo. De acordo com o presidente do Instituto Festival de Dança, Ely Diniz, foi um belo evento com o cumprimento dos objetivos. "Tivemos mais de 9 mil dançarinos e ainda muitos espectadores que vieram de fora da cidade. Tinha dias que faltou vaga nos hotéis. A informação que temos é que tudo ficou muito movimentado", destaca. A movimentação do festival impulsiona a economia da região. 

Durante os meses de baixa temporada é preciso se reinventar. O litoral Sul, especialmente Laguna, Imbituba e Garopaba, é o único berçário de baleias franca do Brasil. Nessa época, os animais migram da Antártida, em busca de águas mais quentes e calmas para se reproduzir, parir e amamentar seus filhotes. Com apoio do Sebrae/SC e Prefeituras, a Rota da Baleia Franca se transformou em um novo produto turístico que começa a movimentar a economia da região. Na temporada de 2018, o Instituto Australis registrou 284 baleias francas, o maior número dos últimos 31 anos. Este ano, as primeiras baleias foram avistadas nas Praias de Ibiraquera e Ribanceiral, em Imbituba. "Queremos divulgar e mostrar para o Brasil e o mundo a belíssima região que temos. São três municípios que se integram e fazem seus planejamentos juntos, fortalecendo toda região", salienta o gerente Regional Sul do Sebrae/SC, Murilo Gelosa.

Serra e seus atrativos

No entanto, quando se pensa em passear no inverno muitos optam pela Serra. De acordo com a assessora de Turismo da Associação dos Municípios da Região Serrana (AMURES), Ana Lucia de Liz Vieira, a rede hoteleira de cidades como São Joaquim, Urubici, Urupema, Rio Rufino e Bom Jardim da Serra tiveram lotação máxima nos últimos finais de semana. "Temos uma temporada excelente. Conseguimos atender todas as demandas com qualidade. O fluxo de turistas está bom. Tivemos menos quantidade e mais qualidade", destaca ao explicar que este ano o turista que aqui esteve foi o que planejou a viagem e não aquele que veio no bate e volta, dormindo dentro do carro ou precisando de ajuda da prefeitura para se acomodar.

Os maiores atrativos são as vinícolas, os cânions, os mirantes e as fazendas com suas tradições rurais, além do turismo de aventura com suas imensas tirolesas e as cavalgadas e caminhadas, bastante procuradas. "Temos uma grande variedade de opções. A Serra Gaúcha tem seus atrativos construídos e nos as belezas naturais. Uma complementa a outra", explica Ana.

A região conta com o Serra Catarina Festival de Inverno, até 31 de agosto. Este ano, são mais de 160 eventos e atrações incluindo: arte, cultura, música, sabor, esporte, tradição, exposições, entretenimento e aventura. Mais informações aqui.

O desenvolvimento da economia do turismo foi tema de palestra da presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo de SC (Santur), Flavia Didomenico, durante reunião do Conselho de Turismo da Serra Catarinense (Conserra). A presidente destacou a importância da região conhecer o índice de ociosidade de hospedagem. "Há muito a ser explorado, milhares de diárias que não estão sendo comercializadas. Em todo o Estado, temos um potencial de faturamento subutilizado em função da ociosidade que ultrapassa o R$ 1,25 bilhão anual". A ideia é levar a abordagem do índice de ociosidade em visitas itinerantes da equipe da Santur para outras regiões turísticas de Santa Catarina para buscar soluções.

Publicidade Posts

Publicidade Posts

Compartilhe isso
Comentários

Olá, deixe seu comentário para Turismo movimenta a economia de Santa Catarina em julho

Enviando Comentário Fechar :/